Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

quarta-feira, 30 de março de 2011

Saí do Face

Hoje decidi sair do Facebook.
E antes que me perguntem porque, vou falar a respeito.
Nunca me "achei" muito por lá.
Meus filhos sempre fazem comentários de que o Twitter é coisa prá gente mais velha e que o Facebook reúne a turma mais jovem.
Discordo, tenho amigos virtuais no Twitter de 14 à 80!
Não tenho críticas à abrangência e eficiência do Face.
Mas acho aquilo lá um espelho dos relacionamentos sociais de nosso tempo: superficial, indiferente e esporádico.
No Twitter, as interações são imediatas e trazem conteúdos, diálogos, informações mais concretas.
Aquela história de "cutucar","curtir", joguinhos e perguntinhas, me parecem coisa de quem não tem o que falar ou que evita uma maior aproximação.
Lamento sim perder alguns contatos interessantes, amigos que estão distantes, mas se eles quiserem me encontrar, sabem onde e como.
Também talvez eu vá perder a indicação de alguns links e convites interessantes. Mas sempre vivi sem eles...
Pode ser que um dia mude de ideia e volte, mas por enquanto, vou me concentrar na interatividade certa do Twitter.



3 comentários:

  1. Concordo, tb não me encontro por lá, tenho vontade de fazer o mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Você acrescentou mais um ponto na escala de incentivo que venho buscando para fazer o mesmo.

    ResponderExcluir
  3. Estava lendo sua mensagem sobre o que aconteceu hoje em Realengo sobre a qual concordo plenamente e me deparei com essa sua decisão de sair do Face.
    Sabe de uma coisa, estou pensando seriamente em tomar essa decisão porque sinto um sensação de vazio quando entro lá, não sei o que as pessoas procuram,mas, na verdade, não estou encontrando nada!!!

    ResponderExcluir